19 de ago de 2010

Caso Cadela Preta: Acusado de arrastar o cão, terá de pagar Indenização

Por volta das 2h da madrugada de 9 de março de 2005, três estudantes que estavam em um bar de Pelotas (RS) amarraram uma cadela no para-choque do carro Ford Ka de um deles e a arrastaram por cinco quadras, até a sua morte. Houve quem pedisse que eles não fizessem aquilo porque a cadela era mansa, que era amiga dos fregueses, que lhe davam sobras de carne. Mas foi em vão.

Pela manha, vizinhos do bar encontraram o corpo dela despedaçado e o dos filhotes que estava gestando. A cadela Preta (foto) estava prenha e já havia interessados em ficar com os filhotes.

A cidade se revoltou contra a crueldade, com repercussão no país e no exterior.



Na quarta (11 de agosto de 2010), por decisão unânime, a 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou Alberto Conceição Cunha Neto, 26, o dono do carro, a pagar a indenização de R$ 6.035,04 por danos morais coletivos. Não cabe mais recurso.

Em 2007, Neto já tinha sido condenado a um ano de detenção em regime aberto. Seus dois amigos – Marcelo Shuch, 26, e Fernando Siqueira, 27 – tiveram de pagar ao canil da cidade a indenização de R$ 5.000 cada um, mais correção monetária, e prestar serviço à comunidade por 12 meses.

Em sua defesa, Neto se colocou como vítima. Argumentou que na época sofreu perseguição pública, inclusive por parte dos estudantes da universidade onde estudava, e da imprensa.

Lembrou que teve de sair da Universidade Católica de Pelotas e mudar da cidade e que não teve da Justiça o benefício da isonomia: somente ele foi condenado à reclusão.

Na avaliação do desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa, o relator do processo, a isonomia não pôde ser aplicada porque Neto liderou o ato de crueldade, além de ele ter antecedentes criminais.

O desembargador sentenciou que a violência contra a cadela Preta “ofende os sentimentos de compaixão e de piedade”.

Com informação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.


Fonte: Paulolopes weblog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails