6 de ago de 2010

Festival de Gramado dá largada com intensa programação

A 38ª edição de um dos mais tradicionais - e certamente o mais gelado - festival de cinema do Brasil começa nesta sexta-feira (6) e vai até o próximo dia 14 com previsão de muito frio do lado de fora da sala e uma tentativa de esquentar o clima dentro do cinema. Sim, o Festival de Gramado quer reaver o prestígio de outrora e, para tanto se armou de uma programação intensa com algumas possíveis boas surpresas internacionais e nacionais. Confira abaixo a programação deste primeiro fim de semana de festival.

Sexta-feira, 6
17h - Abertura oficial
19h - Bróder, de Jeferson De
21h - Enquanto a Noite Não Chega, de Beto Souza

Sábado, 7
19h - Ojos Bien Abiertos: Un viaje por la Sudámerica de hoy, de Gonzalo Arijon
21h - 180º, de Eduardo Vaisman
Exibição Especial
23h - 5X Favela - Agora por nós mesmos, de Manaíra Carneiro, Wagner Novais, Rodrigo Felha, Cacau Amaral, Luciano Vidigal, Cadu Barcelos, Luciana Bezerra

 Domingo, 8
19h - La Vieja de Atrás, de Pablo Meza
21h - O Último Romance de Balzac, de Geraldo Sarno
No total, o evento tem sete filmes brasileiros:
180º, de Eduardo Vaisman
Diário de uma Busca, de Flávia Castro
Enquanto a Noite não Chega, de Beto Souza
Não se Pode Viver sem Amor, de Jorge Durán
O Último Romance de Balzac, de Geraldo Sarno
Ponto Org, de Patrícia Moran
O Contestado - Restos Mortais, de Sylvio Back
Já os filmes latino-americanos que entram na mostra são:
El Vuelco del Cangrejo, de Oscar Ruiz Navia (Colômbia)
Historia de un Día, de Rosana Matecki (Venezuela)
La Vieja de Atras, de Pablo José Meza (Argentina)
Mi Vida con Carlos, de German Berger (Chile)
Ojos Bien Abiertos, de Gonzalo Arijon (Uruguai)
Entre os curtas, os filmes que entram em competição são:
Amigos Bizarros do Ricardinho, de Augusto Canani (RS)
Minha Alma é Irmã de Deus, de Luci Alcântara (PE)
Babás, de Consuelo Lins (RJ)
Carreto, de Cláudio Marques e Marília Hughes (BA)
Em Trânsito, de Cavi Borges (RJ)
Eu não Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro (SP)
Haruo Ohara, de Rodrigo Grota (SP)
Mar Exílio, de Eduardo Morotó (RJ)
Naiá e a Lua, de Leandro Tadashi (SP)
Ninjas, de Dennison Ramalho (SP)
Os Anjos do Meio da Praça, de Alê Camargo e Camila Carrossine (SP)
Pimenta, de Eduardo Mattos (SP)
Pinball, de Ruy Veridiano (SP)
Ratão, de Santiago Dellape (DF)
Um Animal Menor, de Pedro Harres e Marcos Contreras (RS) e Vento, de Marcio Salem (SP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails