1 de mar de 2011

Atropelamento de ciclistas na Capital percorre o mundo

Correiodopovo.com



 Se tempos atrás grandes acontecimentos eram discutidos em bancos de praças públicas, atualmente – e não é de hoje – alguns assuntos ganham uma repercussão muito maior graças à internet. E a discussão, que antes poderia demorar para ultrapassar o perímetro da localidade, agora se multiplica de forma veloz para o mundo inteiro. 

Foi o que ocorreu com o atropelamento de um grupo de ciclistas do grupo Massa Crítica no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, na última sexta-feira. A internet agiu como um multiplicador do conteúdo desenvolvido a partir do incidente. A colisão – e as cenas – foram tema de debates por internautas de diferentes países. Nesta terça-feira, o caso terá um novo capítulo: protesto do movimento, marcado para o final da tarde, na Capital. 

Chegar ao outro lado do mundo é questão de tempo 

Pouco mais de 72 horas depois do atropelamento, a notícia já havia se espalhado por diversos cantos do mundo. Sites de países como Argentina, Peru, Estados Unidos, Grécia, Holanda, Espanha, Itália, Inglaterra e Austrália haviam informado sobre o incidente, conforme levantamento do portal R7. Parte desses sites utilizou o vídeo - ou reproduções de imagens – postado no YouTube pelo Massa Crítica. O vídeo já havia sido visto mais de meio milhão de vezes até pouco depois das 22h30min desta segunda. 

O site do movimento Massa Crítica também teve sua audiência exponenciada desde o incidente. Na página, são postadas notícias sobre o desenrolar do caso, serviços jurídicos para as vítimas do atropelamento, além de comentários sobre a cobertura da imprensa. 

#naofoiacidente mantém assunto em discussão por todo o dia 


No Twitter, a hashtag #naofoiacidente se manteve nos Trending Topics do Brasil – a lista de assuntos mais comentados no site no País – por praticamente todo o dia. O nome do motorista do Golf, o bancário Ricardo Neis, também figurou na lista. Alguns usuários, inclusive, divulgaram alguns de seus dados pessoais, como endereço, telefone e até mesmo CPF. 

Durante a tarde, ele se apresentou à Polícia. Neis acusou os ciclistas de terem batido em seu carro antes do atropelamento. Ele afirmou que procurou uma brecha e acelerou para sair do local e, após, fugiu, pois “se ficasse ali, seria linchado”. No início da noite, o Ministério Público e a Polícia Civil pediram sua prisão preventiva. 

Massa Crítica de Porto Alegre organiza protesto em horário de pico
O grupo Massa Crítica anuncia manifestação para esta terça-feira. A concentração será as 18h30min no Largo Zumbi dos Palmares e o grupo se deslocará até a prefeitura. Nesse horário, o trânsito na região central de Porto Alegre costuma ser bastante complicado. Perto da meia-noite desta terça, mais de 1,2 mil usuários do Facebook haviam confirmado presençano evento, através da rede social. 

Nesta segunda-feira, ciclistas de São Paulo organizaram um ato em solidariedade aos gaúchos. Eles andaram de bicicleta e deitaram no asfalto da avenida Paulista. Um dos participantes levava uma placa com a frase que já está virando lema: “Não foi acidente”. 

Através de blogs, ativistas de outras três capitais do Brasil – Curitiba, Brasília e Aracaju – e até da capital argentina, Buenos Aires, também combinam manifestações até sexta-feira.

Veja as imagens do atropelamento


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails