12 de set de 2011

Tripulação teria confundido sexo com terrorismo e faz avião pouso de emergência


Um avião com 116 pessoas a bordo fez, este domingo, 11 de Setembro, uma aterragem de emergência em Detroit, porque a tripulação desconfiou de um casal que passou "demasiado tempo" fechado na casa-de-banho.

Escoltado por caças da força aérea norte-americana, um voo da Frontier, que descolara de San Diego, foi desviado no domingo e em vez de seguir para Denver, o destino original, aterrou de emergência em Detroit, por suspeita de terrorismo a bordo. Mas tudo não terá passado, afinal, de um mal entendido.
O tempo que um casal passou na casa-de-banho do aparelho levou a tripulação a desconfiar que a dupla estaria a planear um atentado, pelo que foi emitido um alerta e ativadas as respetivas medidas de segurança. Até porque, recorde-se, vivia-se o décimo aniversário dos atentados do 11 de Setembro.


Já em terra, três passageiros foram detidos, mas foram rapidamente postos em liberdade, sem qualquer acusação e, segundo o FBI, em comunicado, os passageiros em causa nem chegaram a estar ao mesmo tempo nas instalações sanitárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails