10 de dez de 2011

Megh Stock lança "Minha Mente esta um Cáos" pelo Selo Overmusic

A libertação ordenada do caos de Megh Stock


Em "Minha mente está em seu caos", novo álbum da cantora Megh Stock, lançado em dezembro de 2011 pelo selo independente Oversonic Music, a artista prossegue uma evolução simétrica do bom trabalho revelado em seu primeiro disco solo, "Da minha vida cuido eu", lançado em 2009 pela EMI. O álbum não afronta os antigos fãs da cantora, revelada ao público nacional pela banda Luxúria, lançada pela produtora de Pitty e Marcelo D2, e nem é capaz de desapontar quem a ouve pela primeira vez. Isso porque ele carrega "aquele" elemento subjetivo que nos faz saber "esta música é de fulano", mesmo quando a ouve pela primeira vez.

Há, nas 11 músicas, uma espécie de fio condutor que o liga com tudo o que já foi produzido pela cantora. Talvez, uma das marcas mais perceptíveis desta unidade seja a forma como Megh transforma tensões reprimidas em canções. O mesmo tom de músicas como "Ódio" e "Lama", ambas do Luxúria, estão presentes no desabafo implícito de "Sambando Só", "Conhaque" e "Em Voz Alta", as três do novo trabalho.

Escutar suas composições é como ouvir um diário musicado - e nem é preciso conviver tão de perto com a cantora para saber quais são suas inquietações. Este tom intimista acaba rendendo aquele efeito de proximidade com o público. Ao compartilhar suas emoções, Megh mostra que os sofrimentos ou as alegrias humanas são comuns aos seres humanos, seja àqueles que cantam do lado de cá ou aos ouvintes do lado de lá.
Todos nós estamos passíveis dos mesmos sentimentos de Megh. Quem nunca enfrentou conflitos entre razão e emoção, como os revelados em "Cilada", ou teve a certeza da escolha certa como a traduzida na mais otimista das "Dúvidas"?
Muitas das "faixas" deste novo trabalho possuem refrões poderosos. "O Rei" e "Vestido de Festa" são exemplos da capacidade radiofônica deste disco, completada, especialmente, por "Em Voz Alta" e "Foguetes".
"Minha mente..." foi gravado com a respaldo dos amigos e profissionais do Estúdio Oversonic em São José dos Campos, cidade onde Megh vive com a família.

A opção deu-lhe ainda a chance de convidar uma leva de bons músicos de sua região para dividir o álbum, cuja produção foi assinada pelo amigo Fábio Alba, do Oversonic. Se olharmos os créditos impressos no encarte, constataremos que o disco envolveu tantos músicos quanto uma jam session. A gravação abrigou 16 músicos de forma direta, situação que acabou contribuindo para a diversidade musical do álbum.

O resultado disto tudo? Um trabalho plural, mas identitário, admite a artista. Independente, mas feito por quem já experimentou os deleites e as agruras da projeção nacional. "Minha mente está em seu caos" é um disco de conciliação com a vida adulta. De quem aprendeu, inclusive, a aceitar aquilo que não pode ser mudado e toma para si o direito de guardar suas angústias. De quem luta para exercitar o desapego, mas já conseguiu se livrar de muitas amarras. De quem encontrou um amor maduro, mas sabe que ele é reinventado no cotidiano nem sempre poético.

O tempo de "cinderela compulsiva" ficou para trás. O caos contínuo de Megh está em ordem.

http://www.meghstock.com/index.html

Download do CD completo

megh stock - minha mente está em seu caos.rar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails