26 de jan de 2012

Vazamento de óleo em Tramandai, mancha chega a beira da praia

foto: Andre Soares/ via Facebook

O óleo vazado de uma monoboia da Transpetro chegou à beira da praia de Tramandaí, no Litoral Norte. A mancha se estende por uma faixa de cerca de 3,5 quilômetros. Técnicos da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), da Petrobras, do Comando Ambiental e do Corpo de Bombeiros monitoram a mancha de petróleo, que chegou por volta das 18h15min à orla. Em alto-mar, o óleo se estendia por um quilômetro de extensão mas, ao chegar à areia, se estendeu por cerca de 3,5 quilômetros, desde a Arena do Bolamar até a Barra.

A Brigada Militar orienta os veranistas a não se aproximarem da praia porque o contato do petróleo cru misturado a hidrocarbonetos pode causar danos à pele. A Petrobras levou cerca de cem homens ao local para trabalhar na contenção, mas ainda não definiu qual método será utilizado. Veranistas que se aproximam para ver a movimentação são avisados pelos salva-vidas a não pisarem na areia.

Um avião da Petrobras despejou um produto químico que endurece o produto para facilitar a retenção. O incidente aconteceu durante uma operação de descarregamento em uma monoboia da Transpetro a cinco quilômetros da orla.

Às 16h, a empresa divulgou a seguinte nota oficial:

"A Transpetro informa que na manhã desta quinta-feira, 26, foi detectado um vazamento de óleo na monoboia do Terminal de Osório, em Tramandaí (RS), durante operação de descarregamento de um navio. Imediatamente, equipes de contingência da Transpetro e o Centro de Defesa Ambiental (CDA) foram acionados para iniciar os trabalhos de contenção e remoção do produto. Os órgãos ambientais, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a Capitania dos Portos foram comunicados. As causas do incidente estão sendo investigadas pela Companhia. Ainda não foi possível quantificar o volume de óleo derramado"

correiodopovo.com

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails