6 de jun de 2012

Graxaim congelado chama atenção em Getúlio Vargas


Um graxaim, espécie de cão silvestre que vive nas matas, chamou a atenção na manhã de quarta-feira, em Getúlio Vargas. Em pé, como se estivesse caminhando, ele estava congelado, depois de passar uma noite no frio intenso, cuja temperatura mínima foi 1 grau negativo.

Quem passava pela rodovia Erechim – Áurea (ERS-802) via, bem às margens da rodovia, o mamífero em pé. O corpo do animal não apresentava lesões aparentes, tinha a boca e olhos entreabertos. Depois de enfrentar uma noite fria e com a geada mais forte do ano, muita gente acreditou que o animal teria morrido congelado.

Várias teorias surgiram e houve até quem acreditasse numa brincadeira em que o animal tivesse sido congelado num freezer e largado em pé na rodovia.  Embora o animal não tenha sido examinado após a morte, especialistas acreditam que o graxaim tenha morrido antes de congelar.

O biólogo Paulo Hartmann, doutor em zoologia,  avalia que é muito improvável que o frio tenha sido a causa da morte do animal. Ele acredita que o graxaim tenha sido atropelado ao atravessar a rodovia e, com um ferimento interno e debilitado, ficou às margens da rodovia e depois de morto acabou congelando com o frio.

- Já encontramos outras carcaças de animais atropelados em situações semelhantes _ conta o biólogo.

clickrbs.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails