30 de jan de 2013

MP e Polícia Federal vão rastrear comentários ofensivos na internet sobre incêndio em boate




O Ministério Público Estadual em Santa Maria vai encaminhar à Polícia Federal nesta quarta-feira um expediente, solicitando a investigação de comentários maldosos e piadas de mau gosto, que circulam em redes sociais da internet envolvendo a tragédia que matou 235 pessoas em Santa Maria.
Conforme o promotor de Justiça da área criminal do MP de Santa Maria, Joel Oliveira Dutra, que já fez um contato prévio com a PF da cidade, o objetivo será fazer varreduras nas redes sociais para identificar, localizar e, quando for identificado comentário de deboche ou ofensa a respeito do incêndio e suas vítimas, responsabilizar os autores.
— O povo brasileiro é solidário, mas estamos verificando a existência de piadas e mensagens ofensivas que não podemos aceitar. São coisas revoltantes — afirma o promotor.
Joel Oliveira Dutra afirma ainda que esse tipo de ocorrência deveria levar a uma reflexão sobre a lei, envolvendo abusos nas redes sociais:
— É importante avaliar, também, mudanças na lei para deixar mais fácil o enquadramento e a punição de quem faz esse tipo de coisa.

Um comentário:

  1. O primeiro deveria ser o cartunista Marco Aurelio da Zero Hora com sua piada de mau gosto.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails