16 de abr de 2013

Harlem Shake da Demissão: Funcionários de Cartório são demitidos em NH



Seis funcionários de um cartório do Rio Grande do Sul foram demitidos por justa causa nesta terça-feira após a divulgação de um vídeo em que dançam "Harlem Shake" em cima de pilhas de processos.

A música virou febre na internet e inspirou milhares de versões amadoras no YouTube, com pessoas de vários países dançando ao som de batidas eletrônicas do DJ americano Baauer.
Quatro dos funcionários aparecem mascarados no vídeo, que já foi tirado do site.

A comarca de Novo Hamburgo (região metropolitana de Porto Alegre) determinou que o cartório da 2ª Vara Cível ficasse fechado nesta terça, para apurar responsabilidades.

O cartório é privatizado e tem 12 mil processos em tramitação. O atendimento deve voltar ao normal nesta quarta-feira (17).

Segundo o TJ (Tribunal de Justiça) gaúcho, já foram ouvidos todos os funcionários, que não tiveram os nomes nem os cargos divulgados.
A decisão de afastá-los foi da direção da comarca de Novo Hamburgo e acabou acatada pelo cartório. Uma sindicância vai apurar se a escrivã responsável estava envolvida na gravação.

O desembargador Túlio Martins, do Conselho de Comunicação do TJ, afirmou que os funcionários tiveram uma conduta inadequada e que o caso não poderia ser minimizado.
"É um desrespeito com o ambiente de trabalho e com as pessoas. Cada processo daquele é uma questão para a vida de pelo menos duas pessoas", disse.

OUTROS CASOS
Fora do Brasil, gravações do "Harlem Shake" em locais inusitados já geraram punições. Um funcionário de uma biblioteca da Universidade de Oxford, no Reino Unido, foi demitido depois que estudantes gravaram no local.
Na Rússia, cinco jovens foram presos por filmar um clipe da música em um memorial da Segunda Guerra.

folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails